Ao trabalhador ou trabalhadora que decide adotar uma criança ou adolescente são assegurados direitos na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Em 2017, com a aprovação da Lei nº 13.509, essas garantias trabalhistas aos adotantes foram estendidas.

E é sobre esse assunto que o TRT na Rua fala neste mês. Confira na reportagem qual o prazo da licença-adotante e em quais casos esse prazo pode ser ampliado. Saiba ainda se o período da licença depende da idade da criança ou do adolescente.

A legislação permitiu também ao homem receber o salário-maternidade por adoção: um avanço para casais homoafetivos ou trabalhadores solteiros que adotaram ou obtiveram a guarda de crianças ou adolescentes.

Veja no vídeo abaixo (ou clique aqui) quem tem direito à licença-adotante prevista no artigo 392-A da CLT.

Aproveite e inscreva-se para receber as próximas reportagens. Deixe também sugestões nos comentários abaixo do vídeo.