Ir para conteúdo principal

Abertura do Ano Letivo da Escola Judicial do TRT-2 destaca seus 25 anos de atuação

Abertura do Ano Letivo da Escola Judicial do TRT-2 destaca seus 25 anos de atuação

20180131 Abertura Ano Letivo Ejud destaque interno 1
Acima, a mesa de abertura: da esq. para dir., os gestores Erich Schramm, Adalberto Martins, Carlos Husek, Maria Cristina Peduzzi, Wilson Fernandes, Candida Leão, Jane Granzoto, Jucirema Gonçalves e Fábio Ribeiro (veja no corpo da notícia os cargos e nomes completos) 

Desde 1993, o início dos trabalhos letivos da Escola Judicial do TRT-2, a Ejud-2, marcou cada ano de esforços incessantes para capacitação e aprimoramento de seus magistrados e servidores. Nessa quarta-feira (31/1), a ocasião foi mais simbólica: não apenas pela palestrante convidada, a ministra do TST Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, mas por abrir o ano do Jubileu de Prata da instituição.

Compuseram a mesa de abertura do evento, além da palestrante, o Corpo Diretivo do TRT-2: os desembargadores Wilson Fernandes, presidente; Cândida Alves Leão, vice-presidente administrativa; Carlos Roberto Husek, vice-presidente judicial e Jane Granzoto Torres da Silva, corregedora regional. Também participaram os desembargadores Adalberto Martins, diretor da Ejud-2, e Jucirema Maria Godinho Gonçalves, ouvidora; o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho de São Paulo, Erich Vinicius Schramm, e o magistrado Fábio Ribeiro da Rocha, presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 2ª Região (Amatra-2).

O presidente Wilson Fernandes saudou a todos e destacou a importância do trabalho das escolas judiciais, cuja assistência torna a adaptação “aos colegas que ingressam nessa carreira muito mais tranquila”. O diretor da Ejud-2, Adalberto Martins, lembrou a data de criação da Ejud-2 – 19/1/1993 – e relembrou algumas das gestões e gestores nesses 25 anos, destacando o objetivo comum a todos os que dirigiram a escola: “Continua sendo o de proporcionar os melhores resultados nas ações de formação”. Revelou também alguns números de sua gestão, como a disponibilização de 2.140 horas em cursos, que resultaram em “1.150 capacitações de magistrados e 7.500 destinadas aos servidores e estagiários, números que não chegam a surpreender quando se considera o nível de exigência e a demanda de um grande Tribunal”.

Formação continuada

Dentre o extenso currículo da ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, está o cargo de atual diretora da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (Enamat). Assim, ela pôde discorrer com grande familiaridade sobre o tema “Formação Continuada de Magistrados”.

Ela explicou que a criação das Ejuds trouxe um novo paradigma, em resposta à necessidade dos juízes de estarem em “constante processo de formação e aperfeiçoamento”. A ministra comentou sobre algumas particularidades a respeito da formação continuada em diversos países, como Espanha, Canadá, França e outros, e sublinhou que a “capacitação, quer a continuada, quer a inicial, está pacificada no Brasil e no mundo – tanto que 79 organizações, espalhadas pelos cinco continentes, são associadas à International Organization for Judicial Training (Organização Internacional para Treinamento Judicial – IOJT), e, dentre elas, está a Enamat”.

"Assim", prosseguiu, “nossas escolas estão dentro deste projeto normativo global”, e elas podem dar suporte às exigências atuais: “a sociedade – e nós – queremos um magistrado compromissado e capacitado, não apenas na parte jurisdicional, mas em todas as outras frentes em que pode ser exigido no desempenho pleno de suas funções: na administração, na gestão, em seu relacionamento com a mídia e outras”. Segundo a ministra, esse aspecto multidisciplinar na formação contínua dos magistrados e dos servidores promove e aperfeiçoa o desempenho deles para a melhor prestação jurisdicional possível.

A Ejud-2 disponibiliza cursos, congressos e simpósios não só aos membros do TRT-2, mas a interessados em geral, que podem se inscrever em sua página. Já há eventos previstos até abril, e serão acrescentados outros no decorrer do ano.

camera icon 1
Clique acima para acessar o álbum de fotos do evento

Texto: Alberto Nannini; Fotos: Allan Lustosa – Secom/TRT-2