Realizado com o intuito de discutir as alterações no processo do trabalho e nas relações individuais e coletivas trazidas pela nova legislação, Reforma Trabalhista - Lei nº 13.467, de 13/07/2017, encerrou na última quarta-feira (6) abordando as principais alterações relacionadas a indenizações recebidas por dano extrapatrimonial e quanto à terceirização.

No decorrer dos nove encontros do curso, iniciado em 13 de setembro, foram discutidos aspectos sobre a aplicabilidade da nova lei, direito coletivo, responsabilidade patrimonial, contrato de trabalho, execução, dentre outros.

Oferecido gratuitamente pela Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (Ejud-2) para magistrados e servidores deste TRT, o curso inaugurou a transmissão de aulas por videoconferência nos fóruns regionais. Exibido nos Fóruns da Zona Sul e da Zona Leste, Reforma Trabalhista - Lei nº 13.467, de 13/07/2017 atingiu mais de 20 mil acessos.

A conselheira da Ejud-2, desembargadora Regina Dubugras, que foi mediadora do evento, destacou o fato de as aulas terem sido ministradas por magistrados deste Regional: "Nós tivemos a cautela e a preocupação de valorizar as pratas da casa. É um curso que traz professores, juízes e desembargadores aqui do Tribunal da 2ª Região". Dubugras apontou ainda "o propósito de trazer uma reflexão sobre a nova lei".

Por fim, a desembargadora revelou que, em breve, será oferecido pela Ejud-2 um curso sobre decisões já proferidas a partir da reforma trabalhista.