Ir para conteúdo principal Ir para o bloco de navegação

TRT-2 formula proposta para conciliar sindicatos representantes dos professores e entidade patronal

A Justiça do Trabalho de São Paulo (TRT-2) realizou, nessa terça-feira (5/6), uma audiência de instrução e conciliação entre os sindicatos representantes dos professores da rede privada de São Paulo e o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado (Sieeesp). Após longo do debate, o desembargador-relator Fernando Álvaro Pinheiro formulou proposta contendo solução para os pontos conflitantes.

Foram sugeridos, entre outros, reajuste salarial de 2,14% a partir de 1º de março deste ano; pagamento de participação nos lucros de 15% do salário bruto; pagamento dos dias parados mediante compensação e manutenção das condições estabelecidas até 29/02 para pôr fim ao conflito.

As partes se comprometeram a realizar assembleias para apreciação da proposta do TRT-2 e deverão comunicar o resultado em um prazo de 24 horas das reuniões realizadas em São Paulo, e até o próximo dia 13 com relação às demais assembleias.

(Processo nº 1000597-43.2018.5.02.0000)

Texto: Seção de Assessoria de Imprensa – Secom/TRT-2